ARBELOS SÓLIDOS

Em várias ocasiões, demos entradas às facas dos sapateiros (arbelos de Arquimedes), de que são exemplos
em 2/01/2008, votos de bom 2008, 19/01/2008, arbelos - cadeia de Pappus , 22/01/2008, localização dos centros de uma cadeia de Pappus; e, em 30/09/2013, Arbelos: Teorema de Pappus - demonstração usando inversão
Em fins do ano passado, Mariana Sacchetti leu o texto The Archimedean Arbelos in Three-dimensional Space de Mowaffaq Hajja e, a partir de então, não nos deixou descansar até que ficaram feitas construções adaptadas ao seu gosto e ao gosto de Aurélio Fernandes. E publicamos já. São exigências como essa que não nos deixam parar.
Recomendamos a leitura do artigo por ela referido e manipulações da construção dinâmica que se segue. Antes de iniciar qualquer manipulação da figura, carregue no botão de reiniciar (na direita alta) para evitar que o retângulo de visualização fique ocupado pelo protocolo de construção.

Começamos por desenhar um segmento para diâmetro de uma semicircunferência maior e sobre ele marcar um ponto que o divida em dois para serem diâmetros de duas semicircunferências tangentes exteriormente entre si e cada uma delas interiormente tangente à semi-circunferência maior em cada um dos extremos do diâmetro desta. Finalmente, por rotação destas 3 curvas em torno do diâmetro obtemos as 3 semi-esferas.